No Ritmo das Palavras – Minha Vida com a Maior banda de Rock do Século XX – Queen nos Bastidores

A indicação de leitura de hoje é também uma homenagem. Há exatos 26 anos, em 24 de novembro de 1991, Freddie Mercury, líder e vocalista do Queen nos deixava. Ele tinha 45 anos.

O livro é na verdade um testemunho de Peter Hince, que durante mais de uma década foi chefe da equipe de apoio do Queen. No livro Peter relembra seu momento de entrada na equipe, durante as gravações do clássico A Night at the Opera. Descreve os pontos altos e baixos da banda; relata com detalhes a composição de um dos maiores sucessos do Queen: Crazy Little Thing Called Love. Inclusive com sua presença ao lado de Freddie Mercury no momento de criação da música.

Peter Hince era uma espécie de porto seguro para Mercury, responsável por garantir que todas as performances do artista ocorressem sem falhas.  E Privilegiado (ou não) por testemunhar seus famosos ataques de fúria!

Também participava  das festas regadas a sexo, drogas e muito rock ‘n’ roll.

Um livro sincero, afetuoso e muito honesto. Vale cada página!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s